O triunfo sobre os modestos "Wolves", por esclarecedores 4-1, permitiu ao Arsenal igualar provisoriamente no segundo lugar a equipa de Alex Ferguson e reduzir para cinco a diferença para o líder, Chelsea.

A formação de Arsène Wenger chegou ao triunfo com alguma ajuda adversária, já que benificiou dos autogolos de Zubar e Craddock, tendo aumentado a vantagem ainda por intermédio de Fabregas e Arshavin. O tente de consolação do Wolverhampton foi apontado por Craddock. No entanto, os ‘gunners’ continuam com menos um jogo.

O Tottenham, vitorioso na recepção ao Sunderland (2-0), tem garantida a quarta posição, por troca com o Manchester City, que voltou a averbar o quinto empate (3-3), desta vez em casa, com o recém-promovido Burnley, que obrigou à repartição de pontos a escassos três minutos do termo do tempo regulamentar. Contudo, os ‘citizens’ chegaram a estar a perder por 0-2, conseguiram dar a volta, mas deixaram escapar o triunfo nos últimos minutos.

Também o Aston Villa, que infligiu 5-1 ao Bolton, ultrapassou o Manchester City na classificação e o Liverpool, que actua segunda-feira frente ao Birmingham, poderá afundar mais a equipa do bilionário árabe Sheikh Mansour.

Num duelo entre equipas da cauda da tabela, Blackburn impôs-se por 3-1 ao Portsmouth, que continua a ser o ‘lanterna vermelha’, o que possibilitou aos ‘rovers’ igualarem na 13.ª posição o Everton, dois dias depois de perder em casa com o Benfica, por 2-0, para a Liga Europa.

A 12.ª jornada prossegue no domingo com os encontros Hull City-Stoke City, West Ham-Everton e Chelsea-Manchester United e completa-se segunda-feira com a recepção do Liverpool ao Birmingham.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.