Um alegado gesto racista perpetrado por um adepto do Newcastle no jogo de domingo da Liga inglesa de futebol sobre um rival do Tottenham, de Nuno Espírito Santo, está a ser investigado pela polícia, informaram hoje as autoridades.

O Newcastle, que acabou de ser comprado pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, acusado, entre outras coisas, de violações de direitos humanos, já condenou a situação e prometeu colaborar com o necessário

“A discriminação não tem lugar no futebol, na rua, na internet ou em qualquer lugar da nossa sociedade. Não será tolerada em nenhuma circunstância. Tomaremos as medidas mais enérgicas possíveis contra qualquer pessoa envolvida em comportamentos discriminatórios e ajudaremos as autoridades quando necessário", referiu o clube.

No relvado, a equipa treinada pelo português venceu por 3-2 e partilha o quarto lugar com o Brighton, enquanto o Newcastle, que ainda não ganhou qualquer desafio em oito jornadas, é penúltimo classificado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.