As buscas para encontrar Emiliano Sala e o piloto da aeronave onde seguiam foram retomadas nas últimas horas, depois de a família do avançado argentino ter arrecadado mais de 250 mil euros para financiar a operação.

As buscas tinham sido encerradas pela polícia de Guernsey, ilha localizada na parte britânica do Canal da Mancha, na quinta-feira, depois de três dias à procura do jogador e piloto no Canal da Mancha. David Barker, chefe de operações, e comandante do porto de Guernsey, emitiu um comunicado onde refere que esta se trata de uma decisão "extremamente difícil", que surgia após 24 horas de buscas continuas, com "80 horas de voo divididas entre três aviões e cinco helicópteros, assim como dois botes salva-vidas e navios".

Diz a BBC que a família de Emiliano Sala conseguiu o dinheiro para a investigação privada graças a doações arrecadas através da página 'GoFundMe'. NO sábado, dois barcos reiniciaram as operações de busca.

Kanté ofereceu-se para pagar continuidade das buscas a Emiliano Sala
Kanté ofereceu-se para pagar continuidade das buscas a Emiliano Sala
Ver artigo

Este sábado, o jornal inglês 'Times Sports' escrevia que N´Golo Kanté, médio do Chelsea e antigo colega de Sala no Caen de França, tinha-se disponibilizado para pagar o retomar das operações de resgate.

A família do jogador argentino de 28 anos tinha vindo a fazer inúmeros apelos para que as buscas fossem retomadas. O pai chegou mesmo a pedir a intervenção do presidente da Argentina, Mauricio Macri.

Na segunda-feira, Emiliano Sala e um piloto viajavam de Nantes, na França, para Cardiff, no País de Gales, e ao atravessar o Canal da Mancha as comunicações deixaram de ocorrer e a aeronave desapareceu.

O jogador comunicou-se com amigos e expressou o seu temor em viajar no avião, pois tinha experimentado muita turbulência num outro voo que fizera entre Nantes e Cardiff.

O jogador, de 28 anos, tinha sido recrutado ao Nantes pelo Cardiff por cerca de 17 milhões de euros e ele mesmo se encarregou de marcar o voo, recusando a oferta de transporte do clube galês.

O monomotor Piper PA-46-310P Malibu desapareceu dos radares segunda-feira pelas 20:00 cerca de 20 kms a norte de Guernsey. Antes, a ilha vizinha de Jersey tinha informado que o avião voava de início a 1500 pés, antes de descer para os 700 pés e depois desaparecer no radar.

O ponta de lança, que representa o Nantes desde 2015 e que esta época marcou 13 golos em 21 jogos pela equipa francesa, tinha acabado de assinar pelos galeses do Cardiff, equipa da Primeira Liga inglesa.

Na sua carreira, Emiliano Sala passou pelos clubes portugueses do FC Crato, dos campeonatos distritais, antes de seguir para França, onde representou o Bordéus, o Orléans, Chamois Niortais, Caen e Nantes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.