Richard Arnold mostrou-se crítico com a abordagem do Manchester United ao mercado de transferências nos últimos anos. O CEO dos Red Devils reconheceu que os mil milhões de libras gastos pelo clube em reforços não teve o retorno esperado,

"Gastámos mil milhões de libras em jogadores, mais que qualquer clube na Europa. Não estou satisfeito onde estamos. Não é uma situação fácil e estou preocupado como vamos fazer para resolver isto no futuro. O que aconteceu é que queimámos muito dinheiro. Não posso ir ao nosso centro de treinos e dizer onde estão os mil milhões de libras, porque historicamente não gastamos bem o dinheiro", disse Richard Arnold.

Apesar do forte investimento no plantel, o Manchester United terminou na 6.ª posição na Premier League 2021/22, a 35 pontos do rival da cidade, o Manchester City, campeão nacional de Inglaterra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.