Com Hilário, Paulo Ferreira e Ricardo Carvalho a titulares, a equipa de Carlo Ancelotti abriu o marcador logo aos 2 minutos de jogo por intermédio do avançado Didier Drogba.

A equipa da 2ª divisão inglesa reagiu e conseguiu empatar o jogo aos 34 minutos, colocando o Chelsea sobre pressão até ao intervalo.

No início do segundo tempo, a superioridade técnica dos londrinos fez-se notar logo aos 51 minutos, com Ballack a colocar o Chelsea de novo em vantagem (2-1), após passe de Drogba.

O 3-1 foi marcado por Sturridge, aos 69 minutos, aproveitando uma perda de bola de Drogba à entrada da grande área. A bola sobrou para o jovem jogador inglês que frente ao guarda-redes não falhou a oportunidade.

Os portugueses em campo estiveram em bom plano com especial destaque para Hilário e Paulo Ferreira. O defesa direito português foi crucial para a goleada, ao assistir Kalou com um centro milimétrico para este fazer o 4-1, aos 86 minutos.

O Chelsea segue em frente numa prova onde Manchester United, Liverpool e Arsenal já foram eliminados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.