com o apoio MEO
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Compra do Newcastle sofre novo revés

Em causa está a pirataria que tem atacado ligas como a inglesa e a espanhola.
Compra do Newcastle sofre novo revés
SAPO Desporto

A compra do Newcastle por um consórcio saudita liderado pelo príncipe da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, sofreu um novo revés, depois de a Organização Mundial do Comércio ter revelado um relatório no qual é possível perceber que a Arábia Saudita ajudou a promover a pirataria contra a Premier League, bem como La Liga, Bundesliga, UEFA e FIFA.

Segundo explica o jornal espanhol 'Marca', a Arábia Saudita nada fez para impedir as operações de 'beoutQ' - plataforma que opera naquele país - e assim evitar a pirataria na transmissão de jogos que acabaria por 'atacar' também a liga espanhola.

Também a BeIn Sport, operadora de televisão, já tinha pedido um travão ao negócio pelo facto de o regime saudita se recusar a travar a pirataria na transmissão dos Jogos da Premier League na Arábia Saudita.

Esta não é a primeira vez que a compra do Newcastle é colocada em causa. A noiva de Jamal Khashoggi, jornalista que foi assassinado no consulado saudita em Istambul em 2018, já pediu para que o negócio fosse bloqueado pela Premier League.

Mohammed bin Salman foi envolvido no processo, já que a investigação considera que o crime teve lugar com o conhecimento do príncipe.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Neste artigo

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.