O presidente da câmara de Liverpool, Joe Anderson, receia que, se a ‘Premier League’ inglesa de futebol for retomada e o Liverpool se sagrar campeão, não haverá como impedir os adeptos de se juntarem para comemorar o título.

“Seria muito difícil para a polícia manter as pessoas afastadas e a cumprir o distanciamento social [imposto pela covid-19] se elas viessem comemorar para Anfield [estádio do Liverpool]”, considerou Joe Anderson numa entrevista à cadeia de rádio e televisão BBC.

O receio do autarca de Liverpool é que os adeptos furem o distanciamento social e saiam à rua, para as imediações de Anfield, para comemorar o título que há 30 anos escapa aos ‘reds’.

“Muita gente não acatará as ordens para permanecer em casa e não sair à rua para festejar o título. Tenho a certeza de que muitos adeptos sairão para comemorar junto a Anfield”, assegurou ainda Joe Anderson.

A nove jornadas do fim da Premier League, interrompida em março, o Liverpool lidera a tabela classificativa com 25 pontos de vantagem sobre o Manchester City, do português Bernardo Silva, e está a duas vitórias de garantir matematicamente o título.

Os clubes da ‘Premier League’ inglesa vão reunir sexta-feira para discutir o possível retorno da competição no início de junho, com a opção de a fazer concentrada em um local único e neutro e sem a presença de público nas bancadas.

Os campeonatos de futebol de França e Holanda foram, entretanto, cancelados, enquanto países como Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam o regresso à competição.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 227 mil mortos e infetou quase 3,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Cerca de 908 mil doentes foram considerados curados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.