Numa carta pública, divulgada esta segunda-feira, David Silva anunciou a sua despedida à seleção espanhola.

"Não é fácil, depois de tudo o que vivi, sentar-me a escrever estas linhas. Foram dias e semanas de reflexão e análise para tomar a decisão de terminar a minha etapa na seleção espanhola de futebol. Sem dúvida é uma das decisões mais difíceis da minha carreira, que comunico com agradecimento e humildade", escreveu o jogador espanhol.

O médio de 32 anos, que disputou 125 jogos oficiais ao serviço da seleção espanhola e marcou 35 golos, orgulha-se do seu trajeto em 'La Roja'.

"A seleção deu-me tudo e permitiu que eu crescesse como jogador e como pessoa, desde os escalões inferiores. Saio orgulhoso".

O jogador do Manchester City deixa ainda um "obrigado" aos companheiros, adeptos, técnicos e à Federação Espanhola, assim como à família.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.