Ederson Moraes, guarda-redes do Manchester City, confessou que ficou muito preocupado com o choque violento de cabeça entre David Luiz e Raúl Jiménez. O mexicano, com quem partilhou balneário no Benfica, acabou mesmo por ser transportado ao hospital onde viria a ser operado a uma fratura no crânio.

“Fiquei muito preocupado, estava a assistir ao jogo. Joguei com o Raúl Jiménez no Benfica. Foi um choque casual, cabeça com cabeça, são lances muito difíceis. Todo o cuidado nestes momentos é importante, a face é uma região muito frágil e requer muita atenção”, começou por dizer o guardião brasileiro, na antevisão ao jogo da Liga dos Campeões com o FC Porto.

“É algo que não podemos mudar, são lances casuais que acontecem durante os jogos. Espero que ele possa recuperar e estar bem o mais rápido possível”, desejou Ederson.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.