Atualmente a representar os chineses do Shandong Luneng, Marouane Fellaini deu uma entrevista ao 'Daily Mail' na qual abordou a forma como o Manchester United tratou alguns treinadores, nomeadamente José Mourinho.

"O Manchester United trouxe David Moyes e não lhe deu tempo suficiente. Trouxeram o Van Gaal, deram-lhe dois anos e começámos a fazer algumas coisas. Ganhou a Taça de Inglaterra, mas depois despediram-no, porque queriam ganhar rapidamente", começou por dizer.

"Para mim, o clube foi rápido demais a despedir o José Mourinho, porque um treinador como ele chega e precisa que os jogadores pratiquem a sua própria filosofia. Ele queria formar uma equipa, mas depois de dois anos e meio decidiram demiti-lo porque os resultados não apareciam. Não é fácil formar uma equipa nesse período de tempo. É preciso mais de dois anos. O Mourinho chegou, a equipa melhorou e ganhou títulos. Na segunda época foi mais difícil, mas ele tentou e fez o que lhe era possível para ajudar o Manchester United", rematou Fellaini.

Recorde-se que Mourinho chegou aos ‘red devils’ em 2016/17, época em que alcançou os únicos títulos no clube, a Taça da Liga inglesa, a Supertaça e a Liga Europa.

O treinador português foi despedido em dezembro de 2018, quando após 17 jornadas, o Manchester United ocupava o sexto lugar do campeonato, com 26 pontos, menos 19 do que o líder à altura, o Liverpool.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.