Nicolas Jackson, avançado do Chelsea, explicou, em entrevista ao The Telegraph, o porquê de ter feito o famoso festejo de Cristiano Ronaldo, depois de ter completado um hat trick diante do Tottenham.

"Sempre fiz a celebração dele, mesmo quando estava no Villarreal e marcava dois golos. Portanto, quando fiz o hat trick, tive de fazer aquilo. Só vou celebrar assim quando marcar hat tricks, começou por dizer o avançado dos blues, que não escondeu a admiração pelo ídolo de infância CR7: "Quando era criança adorava o Cristiano Ronaldo. Tinha o nome dele numa camisola que usava sempre. Não era uma camisola verdadeira, porque essas são caras, então não podia comprá-las. Mas tinha uma camisola na qual coloquei um 7 e escrevi Ronaldo com uma caneta"

O internacional senegalês recordou ainda as dificuldades por que passou na infância, quando nem sequer dinheiro tinha para comprar umas chuteiras. "Não havia, sequer, dinheiro para comprar chuteiras quando era menino. "Eram caras. Jogava com sapatos da escola ou descalço. Aos 16 anos, a minha mãe comprou-me as primeiras chuteiras. Eram em segunda mão, baratas, não eram como as originais. Além disso, no início não as usava porque estava habituado a jogar descalço. Demorei algum tempo, era estranho", afirmou ao jornal britânico.

O avançado dos "blues" chegou ao Chelsea no verão passado a troco de 37 milhões de euros, depois de ter brilhado com a camisola dos espanhóis do Villarreal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.