O treinador holandês Ronald Koeman disse hoje que gostaria de trazer Wayne Rooney de volta ao Everton, se o avançado inglês, remetido à condição de suplente por José Mourinho, não recuperasse o seu brilho no Manchester United.

O capitão do Manchester United, que já envergou as cores do Everton, de 1996, ainda nas camadas jovens, a 2004, foi relegado à condição de suplente por José Mourinho, alegadamente devido à quebra de forma, e pode estar de saída de Old Trafford.

"Primeiro de tudo, acho que Wayne Rooney é um grande jogador e ainda não terminou a sua carreira. Mas não sei qual é a sua situação e isso é preciso respeitar”, disse Ronald Koeman, após ter sido questionado se gostaria de o ter no Everton.

Rooney, de 31 anos, ingressou no Manchester United em 2004, tendo realizado até ao momento 532 jogos pelos ‘red devils’ e marcado 246 golos. O avançado soma ainda 117 internacionalizações pela seleção principal inglesa e 53 golos.

Questionado se ficara surpreendido pelas críticas a Wayne Rooney, o antigo treinador do Benfica disse que tal faz parte do futebol e que o capitão do Manchester United é um jogador experiente e sabe que, mais cedo ou mais tarde, todos estão sujeitos a essa situação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.