Os proprietários do clube, os norte-americanos Tom Hicks e George Gillet, fizeram já saber que pretendem resistir a oferta da New England Sports Venture e também a uma outra proposta, por consideraram que ambas “avaliam demasiado baixo” o clube 18 vezes campeão inglês.

No entanto, apesar da oposição de Hicks e Gillet, que detêm a totalidade das ações do Liverpool, a oferta da New England Sports Venture foi aceite pelos restantes membros da direcção não-proprietários: o presidente Martin Broughton (contratado em Abril pelos norte-americanos para vender o clube), o diretor geral Christian Purslow e o director comercial Ian Ayre.

Os donos dos Red Sox ofereceram 300 milhões de libras (344 milhões de euros) pelo clube, cujas dívidas ascendem a 285 milhões de libras (326 milhões de euros) e que terão de ser pagas até 15 de Outubro.

“Estou satisfeito por finalmente termos conseguido concluir com sucesso o processo de venda que foi minucioso e extensivo”, afirmou Broughton.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.