José Mourinho não gostou das críticas de que Harry Kane foi alvo após a partida do Tottenham frente ao Manchester United, na passada sexta-feira, principalmente com as declarações de Paul Merson, antigo internacional inglês.

"Quando o José [Mourinho] assumiu o comando do Tottenham, fiquei preocupado com Harry Kane. (...) Acho que ele vai ter de pensar bem no final da temporada, acho mesmo. Não o vejo a marcar 25 ou 30 golos na forma que José Mourinho quer jogar", disse o antigo jogador.

Mourinho, na antevisão do jogo de amanhã, frente ao West Ham, respondeu, de forma simpática a Merson porque "Não acho que ele esteja pronto para uma resposta dura".

"Antes de mais, Harry fez o seu primeiro jogo em seis meses e, se analisarem o jogo, comparem Harry Kane com Anthony Martial. Não foi um jogo de muitas ocasiões de golo. Dão crédito à minha defesa pelo jogo de Martial? Dão crédito à defesa do United pela ocasiões que criámos ou não criámos? Têm de olhar para isto de forma equilibrada", disse.

O técnico dos 'Spurs' puxou da 'cábula' para alistar os números dos avançados que treinou ao longo dos anos, começando por Drogba, no Chelsea.

"Para não perdermos tempo, posso dizer que tive alguns avançados que jogaram para mim e que não eram maus. Tive um tipo chamado Drogba, jogou quatro épocas, marcou 186 golos, o que dá uma média de 46 golos por época", disse, antes de seguir para Madrid.

"Treinei um tipo que também não era mau, que agora joga na Juventus [Cristiano Ronaldo]. Jogou três épocas, marcou 168 golos, que dá uma média de 56 golos por época. Tambem treinei outro que não era mau, chamado Karim Benzema. Treinei-o três épocas, não era sempre titular porque era jovem na altura, mas marcou 78 golos em três épocas, o que dá 26 golos por época, em média", afirmou.

Recordou depois os números de Milito e Zlatan que liderou no Inter de Milão e no Manchester United, no caso do avançado sueco.

"Tive outro, chamado Milito. Jogou uma época comigo, marcou 30 golos, ganhou três títulos, a média é, claro, 30 golos por época. Tive outro tipo que jogou uma época e meia pela minha equipa, digo época e meia porque não outra metade teve lesionado, um tipo alto chamado Zlatan. Jogou uma época e meia, marcou 58 golos o que dá uma média de 29 golos por época", acrescentou antes de concluir com uma mensagem para o antigo internacional inglês, Paul Merson.

"(...) Caro Paul [Merson], tenho muito respeito por ti. Penso que o Harry Kane não tem problema nenhum em marcar golos nas minhas equipas, especialmente quando estiver em forma, fresco e quando tiver rotina de jogo", rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.