O Notthingham Forest garantiu hoje o regresso à Liga inglesa de futebol, ao fim de 23 anos, depois de vencer o Huddersfield, no estádio de Wembley, por 1-0, na final do ‘play-off’ de acesso à Premier League.

Um autogolo do central do Huddersfield Levi Colwill, aos 43 minutos, foi o momento determinante da final, visto que a bola não voltou a entrar em nenhuma das balizas, nem chegou a estar perto de acontecer (há apenas dois remates enquadrados à baliza em toda a partida, ambos pelo Nottingham Forest).

No ‘banco’ da equipa do Nottingham estiveram dois portugueses, o central formado em Alvalade, Tobias Figueiredo, e o médio Cafú, mas nenhum deles chegou a ser lançado em campo.

Este triunfo garantiu o regresso dos ‘the reds’ à elite do futebol inglês 23 anos depois, após uma última presença na longínqua temporada de 1998/1999.

O Nottingham Forest fez história no final da década de 1970, quando foi bicampeão europeu em 1979 e 1980, sob o comando técnico do lendário Brian Clough, mas o clube conta também no seu historial com um título de Inglaterra, em 1978, duas Taças de Inglaterra (1898 e 1959) e quatro Taças da Liga (1978, 1979, 1989 e 1990).

O Nottingham Forest junta-se assim aos outros dois clubes que subiram à Premier League, o Fulham, treinado pelo português Marco Silva, e Bournemouth, que garantiram a promoção de forma direta, trio esse que substituirá os despromovidos Norwich, Watford e Burnley.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.