Piers Morgan, jornalista a quem Cristiano Ronaldo concedeu a polémica entrevista que tanto deu que falar na passada semana, mostrou-se "feliz" pelo facto de a situação com o português ter ficado resolvida. Morgan, contudo, confessou estar surpreendido com a rapidez com que a saída do português do Manchester United se processou.

"Acredito que ele está feliz. Agora está livre para prosseguir a carreira num clube que esperemos que mostre mais respeito do que os atuais donos e diretores do Manchester United mostraram. Tenho estado em contacto com o Cristiano, para garantir que ele está bem, tendo em conta tudo o que aconteceu. Foi tudo como ele quis, quis falar e sabia o que queria dizer", frisou o jornalista.

"Surpreendeu-me a rapidez com que aconteceu, mas não me surpreende que o Cristiano Ronaldo deixe o Manchester United. Aparentemente por mútuo acordo. Duvido que tivesse acontecido sem a entrevista. As repercussões foram enormes", acrescentou.

Morgan deixou ainda uma mensagem direta aos adeptos do Manchester Uninted: "Se estiverem felizes com a perda do Cristiano Ronaldo, é melhor que façam um exame à cabeça. Para para mim continua a ser um dos melhores avançados do Mundo."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.