"Houve um contratempo, mas, com toda a certeza, levará ainda mais 10 a 14 dias", disse Mark Hughes, treinador do City.

Hughes acrescentou que o jogador poderia treinar já com o grupo de trabalho, mas o receio de um novo golpe poder originar nova fractura levarão a que o seu regresso fosse adiado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.