Ronaldo já passou de novela de mercado para um assunto de ética desportiva. Depois do último jogo do Manchester United frente ao Rayo Vallecano em que o internacional português foi visto a sair do estádio ao intervalo, as críticas não têm parado de aparecer.

Depois de uma tomada de posição pública de Erik Ten Hag, a situação também é vista aos olhos das grandes figuras que marcaram a história do futebol inglês.

Para Jamie Carragher, antigo capitão do Liverpool, Ronaldo já é um nome a riscar pelos clubes da europa e... no balneário dos 'Red Devils'.

"Nenhum outro clube o quer. E penso que, se perguntarem a Ten Hag, ele não quer. E não estou certo se o balneário do Manchester United quereria Cristiano Ronaldo, neste preciso momento", atirou esta quarta-feira em declarações ao podcast 'The Overlap'.

O ex-internacional inglês não acredita que CR7 saia de Old Trafford e reforçou que já não se trata do mesmo jogador.

"A carreira dele só se prolongou porque é um grande profissional. Mas a verdade é que, agora, tem 37 anos, já não é o mesmo jogador", acrescentou.

A generalidade das opiniões convergem todas no mesmo sentido e Ronaldo parece não ter a vida fácil em solo britânico. Depois de uma novela de mercado que já parecia interminável, os mais recentes acontecimentos prometem levantar questões ainda mais profundas em torno do internacional português.

O objetivo sempre foi a transferência para um clube de topo que compita na Liga dos Campeões, prova da qual os 'Red Devils' estão afastados por terem terminado no sexto lugar da última edição da Premier League, mas até ao momento ainda não surgiu qualquer desenvolvimento nesse sentido.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.