Rui Patrício falou esta terça-feira pela primeira vez como jogador do Wolverhampton e revelou que Nuno Espírito Santo foi fundamental na decisão da ida para Inglaterra.

"[Escolhi o] Wolverhampton pelo projeto que têm, mesmo para o futuro, e sem dúvida que é um projeto interessante e estou entusiasmado para começar a treinar e a jogar, ainda mais na Premier League, que é a melhor Liga do mundo, é um desafio bastante bom", começou por dizer Patrício, em declarações ao site dos 'Wolves'.

"O Nuno [Espírito Santo] foi fundamental para vir, porque já o conheço há alguns anos e sem dúvida que foi também um dos motivos fortes para vir, foi uma grande ajuda para ter a oportunidade de jogar aqui", acrescentou.

O internacional português confessou ainda que a existência de vários jogadores lusos no plantel vai ser uma grande ajuda na adaptação ao futebol inglês: "Lógico que vai acabar porque vão dizendo como as coisas funcionam, vai ser uma grande ajuda, mas o principal é eu adaptar-me ao novo clube, isso é o mais importante, eu é que sou novo aqui, vou adptar-me com a ajuda dos outros portugueses mas não só."

Rui Patrício referiu ainda que o objetivo do Wolverhampton, clube que este ano regressou à Premier League, é terminar nos lugares cimeiros da tabela classificativa.

"Para já quero vitórias, é para isso que trabalhamos, só com vitórias é que nos sentimos bem, temos de tentar estar no melhor lugar possivel, que é lá em cima, que é isso que todos nós ambicionamos, toda a estrutura tem de querer estar lé em cima, treinadores e jogadores", finalizou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.