Depois da goleada (5-0) sofrida em casa diante do Liverpool, Solskjaer e os jogadores do Manchester United continuam a ser alvo de críticas. Um dos visados foi Paul Pogba.

O internacional francês foi lançado no início da segunda parte, quando os 'reds' já venciam por 4-0, mas acabou por ser expulso 15 minutos depois, atitude que valeu muitas críticas da parte de Paul Scholes.

"Pogba entrou em campo ao intervalo para tentar ajudar a equipa e para tentar ganhar algum respeito. Tenta ficar com a bola, mostrar o quão forte é no meio-campo… e perde a bola no lance que dá o [5.º] golo. Alguns minutos depois é expulso por uma entrada ridícula, e agora estão a perder 5-0 e com menos um jogador", começou por analisar, antes de colocar em causa o futuro do médio francês no clube.

"É preciso pensar… se Solskjaer continuar no clube, voltaremos a ver Pogba a vestir a camisola do Manchester United? Tem causado o caos nos últimos anos. Toda a gente sabe o talento que tem, todos confiam nele, todos os treinadores. Tentaram sempre lançá-lo e deixá-lo ser o tipo de jogador que é. Mas com toda a confusão, o facto de não assinar o contrato, depois vem para o campo e faz uma coisa assim?", questionou Scholes.

Com Solskjaer debaixo de fogo, o antigo médio do Manchester United frisou que o treinador nada pode fazer quando acontece uma situação dessas em campo.

"Não, não é culpa do Ole [Solskjaer]. Não me interpretem mal, mas isto que disse é parte do que resume a performance do Manchester United. Pogba vai voltar a jogar, não vai? Mas eu acho que não perdiam nada se não jogasse. Teve inúmeras oportunidades e continua a ser inconsistente. É falta de disciplina e um desrespeito pelo treinador e pelos colegas", atirou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.