O Tottenham venceu o Burnley por 5-0, subiu provisoriamente ao quinto lugar da Premier League e fez algo que já não acontecia desde setembro aos Spurs na Premier League: não sofrer golos.

Depois da derrota com o Manchester United, a equipa de José Mourinho procurava dar uma resposta frente ao 13.º classificado da liga inglesa que chegava a Londres depois de uma pesada derrota em casa, na recepção ao Manchester City por 1-4.

E foi Harry Kane a abrir as hostilidades, logo aos 4 minutos.

O avançado inglês encontrou-se com espaço e ainda fora de área fez, com um enorme remate, um grande golo que fez mexer o marcador pela primeira vez no Tottenham Hotspur Stadium.

Ainda antes dos 10 minutos, a equipa de Mourinho alargou a vantagem com Lucas Moura a aproveitar uma bola perdida e a colocar a 'redondinha' no fundo da baliza do Burnley.

Aos 21' o Burnley teve a sua melhor oportunidade na primeira parte, mas McNeil cabeceou a por cima da barra.

Onze minutos depois, o Tottenham chega ao terceiro. Son recupera a bola na grande área do Tottenham e depois vai de área a área, à 'Maradona' deixando os adversários para trás e fazendo um golaço que aumentava para 3-0 o resultado.

Na segunda parte, o Tottenham continuou com o pé no acelerador, com Kane aos 54' a bisar na partida e a fazer o 4-0.

Kane que, como manda a época natalícia, não fez só golos, tambem deu a marcar.

Aos 74', o avançado inglês assistiu Sissoko para o quinto golo da partida que fechava a 'manita' dos Spurs ao Burnley.

Com este resultado Mourinho faz algo que o Tottenham já não conseguia há algum tempo: manter a baliza fechada na Premier League. Não acontecia desde setembro, quando goleou o Crystal Palace por 4-0 na quinta jornada da liga inglesa.

Se juntarmos todas as competições, já desde a vitória por 4-0 contra o Estrela Vermelha para a Liga dos Campeões a 6 de novembro que o Tottenham não sabia o que era manter um registo imaculado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.