Depois de ter visto o Tribunal Judicial da Comarca do Porto rejeitar a providência cautelar do Benfica, os encarnados reagiram e emitiram um comunicado.

Para o clube da Luz, o recurso é "inevitável". O Benfica considera ainda a decisão de tribunal como "absurda".

"A SAD do Sport Lisboa e Benfica considera a decisão do Tribunal Judicial da Comarca do Porto de determinar como improcedente a providência cautelar por si apresentada como muito grave e absurda num Estado de Direito e que justifica e impõe o inevitável recurso imediato para o Tribunal da Relação", informou o clube. A confissão clubística do Senhor Juiz que proferiu esta sentença, evidenciada no primeiro despacho, atenuou a surpresa desta decisão, apesar do carácter inédito de que se reveste e da gravíssima doutrina que pode originar. O sentido e alcance desta sentença é verdadeiramente insólito e absolutamente inaceitável, consentindo e legitimando, como consente e legitima, a prática reiterada de crimes, ao invés de defender o Estado de Direito e proteger o bom nome das pessoas e das instituições. Por tais razões, a Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD, no início da próxima semana e após análise minuciosa dos termos desta decisão, tomará posição pública sobre este processo e outros com ele relacionados", completa o Benfica.

Recorde-se que Francisco j. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, já tinha reagido à decisão do tribunal.

Francisco J. Marques: "O polvo começa a perder força"
Francisco J. Marques: "O polvo começa a perder força"
Ver artigo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.