O treinador Álvaro Pacheco afirmou hoje que o Vizela vai “jogar com os melhores” para “acabar em alta” a I Liga portuguesa de futebol, no reduto do 'vizinho' Moreirense, no sábado, em duelo da 34.ª jornada.

Embora a sua equipa tenha a manutenção garantida, com 33 pontos, que valem o 14.º lugar, e os ´rivais’ de Moreira de Cónegos, vila do concelho de Guimarães a quatro quilómetros, precisem de pontuar para ‘sonharem’ com o ‘play-off’ de manutenção, o técnico frisou que os vizelenses querem manter-se fiéis à “essência” de lutarem pelo triunfo em todos os desafios.

“Sabemos perfeitamente o que representa este dérbi, mas o que importa é o que fomenta a cultura de exigência. Vão jogar os melhores”, disse, na antevisão ao desafio marcado para as 15:30, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas.

Convencido de que a permanência do Vizela é “mais do que justa” face ao “desenrolar da época”, Álvaro Pacheco lembrou que o grupo quer terminar o campeonato “em alta” e mostrar a “cultura de vitória” trabalhada pela sua equipa técnica desde a época 2019/20, quando os minhotos disputavam o Campeonato de Portugal, então o terceiro escalão do futebol nacional.

“Para nós, que cultivamos uma cultura de vitória, de superação, [o jogo] será [encarado] da mesma forma [dos anteriores]. Tenho oportunidade, como treinador, para ver os meus jogadores sem a pressão dos jogos anteriores, para testar a essência do que aprendemos nestes anos. Temos de jogar para ganhar, que foi o que nos fez chegar aqui”, acrescentou.

O ‘timoneiro’ admitiu, contudo, saber o que o dérbi com o Moreirense representa para a massa adepta vizelense, alvo dos seus elogios pelo “carinho” e pela “confiança” transmitidos nos últimos três anos, inclusive no momento mais difícil da época prestes a terminar, que foi a semana entre a derrota com o Belenenses SAD (1-0), para a 30.ª jornada, e a vitória sobre o Arouca (2-1), para a 31.ª.

“O momento mais marcante foi a semana depois do jogo com o Belenenses SAD. Não fomos capazes de estar à altura e depois tivemos o Arouca, um jogo importante para nós. Estávamos tensos, mas, durante a semana, lembro-me da forma carinhosa como nos apoiaram e fizeram acreditar”, recordou.

O Vizela, 14.º classificado da I Liga portuguesa, com 33 pontos, defronta o Moreirense, 17.º, com 26, em jogo da 34.ª e última jornada, marcado para as 15:30 de sábado, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, com arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.