O Sporting de Braga impôs ontem a segunda derrota na I Liga de futebol ao Sporting, ao vencer em Alvalade por 2-1, na 19.ª jornada, num resultado que pode colocar os leões a seis pontos do FC Porto.

Um golo de Gorby, aos 90+7 minutos, selou a reviravolta dos arsenalistas, que tinha sido iniciada aos 52, com uma grande penalidade de Galeno, depois de, na primeira parte, Pedro Gonçalves dar vantagem aos leões, aos 24.

O Sporting, que sofreu o segundo desaire em três jogos, manteve-se com 47 pontos, a três do FC Porto, que recebe no domingo o Famalicão, e com mais três do que o Benfica, terceiro, enquanto o Sporting de Braga conta 35 e reforçou o quarto posto.

As equipas

Em relação à equipa que começou de início o encontro com o Vizela, Rúben Amorim tirou Daniel Bragança e Nuno Santos para lançar Feddal e Matheus Nunes.

Já Carlos Carvalhal fez cinco alterações em relação ao onze que enfrentou o Marítimo. Tirou Paulo Oliveira, Yan Couto, Gorby, André Horta, Iuri Medeiros e lançou Fabiano, Bruno Rodrigues, Francisco Moura, Al Musrati e Castro.

Onze do Sporting: Adán; Ricardo Esgaio, Gonçalo Inácio, Feddal, Coates, Matheus Reis; Palhinha, Matheus Nunes; Sarabia, Pedro Gonçalves e Paulinho.

Onze do Sporting de Braga: Matheus; Fabiano, Diogo Leite, Tormena, Bruno Rodrigues, Francisco Moura; Al Musrati, Castro; Galeno, Ricardo Horta e Vitinha.

O jogo

Os primeiros dez minutos foram bastante calmos em Alvalade, sem grandes lances de destaque por parte das duas equipas.

À passagem do primeiro quarto de hora, o jogo ficou mais intenso, mas o Sporting de Braga continuava a mostrar dificuldades em chegar ao último terço do campo leonino.

Aos 20 minutos parecia difícil desmontar as estruturas defensivas para os dois lados, com as equipas muito compactas. O Sporting tentava o jogo interior, mas este acabava sempre parado por Al Musrati ou Castro. Do outro lado, o Sporting de Braga não tinha capacidade para perturbar a defesa do Sporting.

Mesmo assim, aos 24 minutos, Pedro Gonçalves conseguiu desbloquear o marcador. Matheus Nunes levantou para a área, onde Pedro Gonçalves dominou com o pé direito, antes de rematar de pé esquerdo para o fundo da baliza. O golo ainda foi anulado por fora de jogo, mas acabaria por ser validado com recurso ao VAR.

Depois do golo dos leões, o jogo acordou e os arsenalistas foram-se aproximando da baliza de Adán, mas sem sucesso na finalização.

A segunda parte começou com emoções fortes. Galeno caiu na área em duelo com Matheus Reis, a jogada ainda prosseguiu, mas Hugo Miguel acabou por interromper o jogo para ouvir o VAR. Depois de ver as imagens, assinalou grande penalidade que acabaria por ser convertida pelo próprio Galeno.

O golo do Sporting de Braga gelou Alvalade. A equipa de Rúben Amorim voltou a ter dificuldades em chegar ao último terço adversário e não conseguia ligar setores.

Os últimos dez minutos de jogo no reduto dos leões foram impróprios para cardíacos, com oportunidades de parte a parte. Acabaria por ser o Sporting de Braga a chegar ao golo, por Gorby, numa reviravolta que fica para a história.

O momento: Uma cambalhota épica

O golo de Gorby já em período de descontos foi decisivo no encontro. Gonçalo Inácio errou o passe e entregou a bola a André Horta, este meteu em Gorby que disparou rasteiro de fora da área e bateu Adán.

A polémica: Penálti ou não?

A grande penalidade assinada por Hugo Miguel depois da falta de Matheus Reis sobre Galeno gerou muita contestação nas bancadas de Alvalade e é por isso o lance mais polémico do encontro.

O melhor: Cereja no topo do bolo

A saída de Ricardo Horta para dar lugar a Gorby, aos 88 minutos, não fazia prever que o médio francês de apenas 19 anos se tornasse o herói do jogo. A fazer o quarto jogo na I Liga, 3º como suplente utilizado, Gorby acabou por marcar o golo que deu os três pontos aos arsenalistas em Alvalade e, como tal, foi a grande estrela do encontro.

O pior: Culpas no cartório

Matheus Reis ficou mal na fotografia ao fazer a falta que deu origem à grande penalidade cobrada por Galeno e que acabaria por dar o empate dos arsenalistas. Já Gonçalo Inácio cometeu o erro que deu o golo de Gorby.

As reações

Amorim lamenta penálti que "mudou o jogo", Coates diz que Sporting cometeu muitos erros que custaram caro

Adjunto de Carvalhal destaca triunfo "só ao nível de uma grande equipa", Castro fala em "lição bem estudada"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.