O FC Porto venceu o Vitória de Setúbal por 5-0 na 14ª jornada da Primeira Liga. Aboubakar assinou um 'hat-trick' enquanto Marega bisou para fechar o resultado final no Estádio do Bonfim. Os 'dragões' colam-se ao Sporting na liderança do campeonato em igualdade pontual.  Pressões por jogar depois dos triunfos dos rivais? Sérgio Conceição diz que não e os jogadores mostraram no relvado o ponto de vista do técnico com uma 'mão' cheia de golos.

Em casa do Vitória de Setúbal numa noite chuvosa, os 'azuis e brancos' estavam obrigados a vencer para impedir que o Sporting fugisse na liderança do campeonato. Depois de terem visto os rivais vencer, os 'dragões' entraram em campo com duas novidades no onze inicial.

Sérgio Conceição apostou em Diego Reyes para o eixo da defesa enquanto Maxi Pereira foi titular como defesa direito. Do outro lado, José Couceiro não podia contar com Gonçalo Paciência, uma vez que o avançado foi emprestado pelo FC Porto aos sadinos.

10 minutos de equilíbrio antes do 'Dragão' assumir o controlo

O arranque da partida prometia um encontro disputado entre duas equipas com ideias bem montadas. Os 10 primeiros minutos de jogo da equipa da casa dava conta de um Vitória FC a querer dar a volta ao mau momento e até esteve perto de marcar no arranque. No entanto, os homens orientados por Sérgio Conceição adaptaram-se ao encontro e tomaram de assalto os ritmos da partida.

Com Brahimi em bom plano e Marega a cair sobre o corredor direito, o FC Porto começou a criar mais perigo e a aproximar-se da baliza defendida por Cristiano. Após dois lances em que o golo esteve perto, os 'dragões' chegaram mesmo à vantagem num lance muito contestado pelos sadinos por alegada falta de Aboubakar na hora de marcar. Os protestos levaram à expulsão de José Couceiro (confira o lance aqui)

A vencer, os 'azuis e brancos' continuaram a colocar pressão sobre os sadinos que sentiram o golo do adversário. A resposta ao tento do camaronês foi 'envergonhada' e o FC Porto partiu para a resolução do jogo ainda antes do intervalo. Com mais dois golos, a partida foi para o descanso praticamente resolvida.

Gestão com pensamento no futuro e no tamanho do plantel

O encontro com o Vitória de Setúbal já tinha arrancado com alguma gestão feita por parte de Sérgio Conceição. A vencer por três golos ao intervalo, o técnico dos 'dragões' não tinha melhor altura para voltar a dar descanso a alguns dos seus jogadores. Nesse sentido, Brahimi não voltou ao campo para os segundos 45 minutos enquanto Danilo Pereira e Ricardo Pereira - dois dos mais utilizados esta temporada - saíram no decorrer da partida.

Apesar das mexidas, o FC Porto continuou por cima dos sadinos que não mostraram argumentos para voltar a entrar na disputa da partida. Mesmo numa rotação mais baixa, os 'azuis e brancos' voltaram aos golos e dilataram ainda mais a vantagem sobre o Vitória de Setúbal com Marega e Aboubakar em destaque. A dupla já leva 22 golos só no campeonato.

Do outro lado, o Vitória FC mostrou-se resignado à sua fortuna no encontro com o FC Porto. A equipa de José Couceiro continua em má forma somando nova goleada depois de ter perdido 6-0 com Benfica no Estádio da Luz. Nos últimos cinco encontros, os sadinos somam cinco derrotas com números que levantam preocupação para qualquer adepto: Cinco jogos, 19 golos sofridos e três golos marcados. A zona de despromoção esta a apenas dois pontos de distância...

Têm a palavra os técnicos

José Couceiro, treinador do Vitória de Setúbal

"Nunca tinha sido expulso como jogo jogador ou treinador em 40 anos. Eu não devo ser expulso, e, portanto, claro que sendo eu o líder da equipa, não posso ser expulso. Não posso fugir dessa responsabilidade. Acho que é excessivo? É. Naquele momento já me tinha calado"

Costinha, jogador do Vitória de Setúbal

"O jogo acaba por ser condicionado pelo primeiro golo, a estratégia foi por água abaixo. A segunda parte foi mais complicada, tentamos reagir. Mas não vale a pena meter a cabeça na areia que isso não vai dar pontos"

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto

"Sabemos que são nestes jogos que se ganham campeonatos. Não há intranquilidades nem pressão extra pelos rivais já terem jogado. Há um foco grande nos nossos objetivos. É claro que estamos atentos aos que os outros fazem, mas o nosso principal objetivo é dar o máximo e meter em campo o que trabalhamos para ganhar os três pontos."

Aboubakar, jogador do FC Porto

"É importante marcar, mas o principal é a vitória no jogo. Marco eu como marca o Marega marca ou marca o Corona. O mais importante é vencer os nossos jogos e não responder ao Benfica e ao Sporting".

Apontamentos

José Sá ultrapassa Casillas no número de jogos

Sérgio Conceição arrancou a temporada com Casillas na baliza e trocou o espanhol por José Sá num encontro da Liga dos Campeões. A decisão manteve-se nos encontros seguintes e frente ao Vitória de Setúbal foi o português a alinhar na baliza. Com a partida de hoje, o guardião somou o seu 12º jogo esta temporada e tem agora mais um do que Casillas este ano.

Aboubakar a cumprir a melhor temporada de sempre

Aboubakar é um dos 'reforços' do FC Porto para esta temporada depois de um ano emprestado ao Besiktas. O camaronês tem sido decisivo esta época e com o hat-trick frente aos sadinos superou a marca de golos conquistada no ano em que esteve na Turquia. Os três golos fazem desta temporada a mais produtiva de sempre para o avançado.

José Couceiro expulso devido a protestos

O treinador do Vitória de Setúbal não terminou a primeira parte do encontro contra o FC Porto depois de ter sido expulso pela equipa de arbitragem. O técnico português protestou com muita veemência o lance que dá origem ao primeiro golo dos 'dragões'.

Tempestade Ana fez-se sentir no Bonfim

A tempestade Ana está prevista atingir Portugal durante esta segunda-feira na sua máxima força, mas já tinha deixado marcas no encontro entre o FC Porto e o Vitória de Setúbal. Durante o encontro, sobretudo na segunda parte, as rajadas de vento foram muito intensas chegando mesmo a alterar ligeiramente a trajetória da bola quando era rematada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.