O avançado português, André Silva, está a ter um arranque temporada de 'sonho' com muitos golos tanto ao serviço do FC Porto como da Seleção Nacional, e como tal foi a figura escolhida para a edição desde mês da revista 'Dragões' onde numa entrevista intimista abordou vários assuntos relacionados com a sua carreira.

"Não me revejo em nenhum outro jogador, procuro ser original e seguir com as minhas características até onde puder", afirmou André Silva, confiante das suas capacidades única para um jogador de 'apenas 20 anos' e com 'muito para trabalhar e crescer'.

"Não vou revelar os meus sonhos para depois as pessoas não dizerem que sonho alto de mais. Esperem para ver o que vou conseguir", frisou o jovem avançado de 20 anos sobre as expectativas para o futuro.

"Têm sido meses muito bons. Sinto que o míster confia em mim e a equipa confia no míster. Estamos aqui para dar o máximo", atirou André Silva sobre o espírito de união no grupo de trabalho liderado por Nuno Espírito Santo.

No último jogo do FC Porto diante do Arouca, André Silva voltou a ser decisivo para o triunfo portista com dois golos. Questionado sobre os dois golos apontados no Dragão, o avançado de 20 anos fez questão de distribuir o crédido pelos restantes companheiros de equipa.

"Sem os meus companheiros não conseguia marcar os golos que consegui. É muito mérito da equipa", sentenciou André Silva.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.