A derrota do FC Porto frente ao Estoril deixou os adeptos portistas à beira de um ataque de nervos contra o técnico da equipa Paulo Fonseca.

Após o final do jogo, o técnico portista deixou a entender que iria falar com Pinto da Costa para saber do seu futuro no clube enquanto que no exterior do estádio do Dragão cerca de duas centenas de adeptos juntaram-se para assobiar a equipa técnica.

O clima de tensão no Dragão levou a que os jogadores ainda permaneçam no interior da garagem do Estádio do Dragão. Pinto da Costa e Antero Henrique encontram-se à porta da garagem do Dragão para tentar atenuar os ânimos ao mesmo tempo que tentam uma articulação com a PSP de modo a que os regulamentos estipulados para a saída dos jogadores seja cumpridos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.