O Boavista recebe esta sexta-feira o Benfica, no Bessa, às 20h30, em jogo a contar para a 13ª jornada do campeonato nacional. O histórico de confrontos entre 'axadrezados' e 'encarnados' é (muito) longo e conta já com 122 jogos. Para simplicar a antevisão, o SAPO Desporto analisou os últimos seis encontros entre os dois clubes.

Histórico de confrontos

Os últimos seis jogos entre Boavista e Benfica dão clara vantagem aos líderes do campeonato. Em seis jogos, o Benfica venceu três (duas goleadas), perdeu apenas um e empatou dois.

O mais recente encontro entre os dois emblemas aconteceu em janeiro deste ano na 19ª jornada da época 2018/2019. No Estádio da Luz, o Benfica de Bruno Lage bateu o Boavista de Jorge Couto por 5-1, com golos de João Félix, Pizzi, Seferovic (bis) e Grimaldo.

Já o encontro anterior aconteceu logo à 2ª jornada da mesma temporada, em agosto de 2018 no Bessa. Nessa altura, o Benfica ainda treinado por Rui Vitória venceu o Boavista de Jorge Simão por 2-0, com golos de Facundo Ferreyra e Pizzi.

Na temporada 2017/2018, Boavista e Benfica encontraram em setembro e em fevereiro. Na 6ª jornada, o Boavista levou a melhor e venceu os encarnados no Bessa por 2-1. Renato Santos e Fábio Espinho deram a vitória à equipa treinada por Jorge Simão.

Já na 23ª jornada, os encarnados 'vingaram-se' da derrota anterior e golearam o Boavista por 4-0, com golos de Rúben Dias, Jardel, Nuno Henrique (autogolo) e Raúl Jiménez.

Na já longínqua época de 2016/2017, os dois encontros entre 'axadrezados' e 'encarnados' acabaram em empate. O primeiro no Estádio da Luz, à 17ª jornada, terminou com três golos de cada lado. Já à 34ª jornada, um novo empate (2-2), desta vez no Bessa, consagrou o Benfica tetracampeão.

Feitas as contas, o Bessa não é propriamente 'terreno fértil' para o Benfica. Em três jogos na casa do Boavista nas últimas três épocas, os encarnados venceram um, empataram outro e perderam mais um.

As expetativas

Na véspera de mais um encontro, os treinadores das duas equipas fizeram a antevisão e mostraram-se bastante otimistas, embora esperem algumas dificuldades.

Bruno Lage não espera facilidades, confirmando também a possibilidade de o suíço Seferovic, já recuperado de lesão, ser titular. "Espero um jogo muito difícil, pelo que Boavista tem feito no campeonato e pelo que têm sido os jogos do Boavista em casa contra equipas como o Braga, o Sporting ou o Porto".

O treinador das 'águias' deu a receita para que a equipa possa superar as dificuldades. "Teremos de ser fortes defensivamente nos confrontos individuais. Disputar todas as bolas com enorme vontade de as vencer e, quando tivermos bola, tentar fazer o nosso jogo e criar as oportunidades de golo, como temos vindo a fazer", frisou.

Quem poderá ajudar o Benfica perante as dificuldades que a equipa irá encontrar é Seferovic. "Seferovic está sempre motivado e é um trabalhador nato. Oferece muito à equipa. Estando disponível traz, dinâmica e vontade de ajudar a equipa. É um jogador com uma vontade enorme de estar sempre em campo e está pronto para avançar", confirmou Lage.

Em relação à atitude da equipa, o treinador 'encarnado' sublinha que a equipa terá de estar empenhada ao longo dos 90 minutos. "O importante é, em cada momento, estarmos fortes no jogo. Temos de entrar forte, quer na primeira parte, quer na segunda, e terminar também fortes. Temos de ser consistentes ao longo dos 90 minutos e é isso que procuro sempre", sublinhou.

Os 'axadrezados' vão apresentar-se com algumas ausências, mas Bruno Lage não acredita que signifique que a turma boavisteira se vá apresentar mais fraca. "O Boavista tem um plantel muito equilibrado. Quando se perde um jogador pode ser prejudicial, mas surgem oportunidades para outro que as quererão agarrar. Os jogadores que vão substituir os ausentes estarão motivados para disputar o lugar e provar por que estão lá. Defensivamente é uma equipa forte, determinada, que aproveita muito bem os momentos de transição. Será fundamental termos capacidade de, nos duelos individuais, vencer", concluiu.

Lito Vidigal e Bruno Lage
Lito Vidigal e Bruno Lage créditos: DR

Já Lito Vidigal confirmou que o atacante Mateus não é opção para a receção de sexta-feira ao campeão nacional, porque "não treinou e não está em condições" físicas, e disse que o médio ganês Ackah, que também não poderá jogar, devido a suspensão, tem sido vítima de julgamentos errados devido ao seu modo de jogar fogoso.

O técnico disse que Ackah viu cartões amarelos "extremamente injustos", ressalvando, porém, que não foi o caso do que o que lhe foi mostrado na jornada anterior, com o Santa Clara.

O ala Heriberto também está fora deste jogo, por ter sido emprestado pelo Benfica, e o médio espanhol Bueno deixou de ser aposta porque, explicou o técnico, é preciso "fazer escolhas em função do trabalho" que os jogadores vão desenvolvendo.

Questionado sobre se o Boavista tem margem para sonhar com pontos diante do Benfica por estar a fazer um campeonato positivo, o melhor desde que voltou à primeira divisão, Lito Vidigal disse saber que vai "jogar contra uma equipa forte e que a probabilidade de êxito é menor" por essa razão.

"Ainda assim, ela existe e é nesse sentido que temos de trabalhar, pensando primeiro em nós. Sabemos que é mais difícil, mas acreditamos que podemos vencer sempre", reforçou.

O técnico sustentou, ainda, que "o Benfica é uma equipa forte e recheada de bons jogadores, que esta época só tem uma derrota [no campeonato], em casa, contra o outro candidato ao título", o que, nas suas palavras, "diz tudo".

"Temos de ser competitivos, mentalmente fortes, solidários e acreditar no nosso processo" para poder ganhar. " É isso que queremos, em todos os jogos competir com a intenção de vencer. Se os jogadores derem tudo eu já me sinto feliz", afirmou Lito Vidigal.

O técnico formulou ainda o desejo "que toda gente dê o máximo, a equipa de arbitragem seja justa", que o vencedor tenha "mérito", num jogo sem "casos".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.