Há momentos que ditam os resultados e marcam o desenrolar dos encontros. Tahar teve nos pés (7´) a oportunidade para tentar mudar o rumo dos acontecimentos na casa de um 'grande', mas acabou por não ter a frieza necessária para fazer o golo.

Resultado; depois de um início atribulado após falha quase fatal de Gabriel, o Benfica acabou por golear e colocar pressão sobre o Sporting antes do dérbi. Os leões deslocam-se esta quarta-feira ao Bonfim para medir forças com o V. Setúbal.

Veja a crónica do jogo

Veja o ao minuto do jogo

Veja o resumo do jogo

O Benfica de Bruno Lage teve o mérito de conseguir imprimir um ritmo alto que sufocou o adversário. O 4-4-2 e a sua dinâmica permitem que a equipa reaja de forma rápida à perda de bola. O miolo encarnado anulou a equipa do Boavista, que teve muita dificuldade em ligar o seu jogo.

A vantagem escassa do Benfica ao intervalo (2-1), depois de golos de João Félix e Pizzi, não traduziu o que se passou no primeiro tempo. O Benfica acabou os primeiros 45 minutos com 71% de posse, 10 cantos e cinco remates enquadrados com a baliza, de acordo com dados do site Goal Point. O Boavista curiosamente em dois remates, atirou uma bola ao poste e fez um golo.

No segundo tempo, os axadrezados tentaram responder. Desposicionaram as suas pedras, mas acabaram por pagar caro o atrevimento. Averbaram mais três golos por intermédio de Seferovic (2) e Grimaldo.

Antes do final, o Boavista ainda teve a oportunidade para reduzir de grande penalidade, mas Vlachodimos negou o golo a Mateus numa excelente estirada. Com este resultado, o Benfica manteve as distâncias para o Sporting. Já o clube do Bessa está em zona delicada da tabela.

Momento

O falhanço do Tahar. Se tem feito golo, o jogo poderia ter tido um curso diferente.

Melhores

Pizzi

Esteve a alto nível. Marcou um golo, fez uma assistência e esteve envolvido nas situações mais perigosas do ataque encarnado. Está a atravessar um grande período de forma.

João Félix

Voltou a dar cartas com a camisola do Benfica. Abriu o ativo e ainda fez uma assistência para o golo de Seferovic.

Seferovic

Começou algo trapalhão na primeira parte, com dificuldades no domínio de bola. No segundo tempo fez por duas vezes o gosto ao pé.

Baixos

Equipa do Boavista

A equipa vive um momento menos bom e foi demasiado macia para este Benfica. Ainda tentou reagir no final da primeira parte, depois do golo de Talocha. No segundo tempo arriscou, mas acabou por perder o norte e consentiu mais três golos.

Reações

Bruno Lage: "Foi uma boa exibição, mas mais importante foi que mantivemos o equilíbrio"

João Félix: "Quando o coletivo está bom, as individualidades vêm ao de cima"

Alfredo Castro: "Vamos limpar a imagem do jogo que fizemos hoje aqui"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.