António Oliveira não irá apresentar uma candidatura à presidência do FC Porto, numa altura em que têm surgido várias vozes a apoiar o ex-jogador e treinador do FC Porto.

“Não posso ignorar nem esconder que são inúmeras as pessoas que me abordam, com grande persistência, no sentido de estimular ou desafiar para aquele propósito. Repito insistentemente, que o Futebol Clube do Porto tem uma liderança de excelência, não fazendo qualquer sentido alimentar ou sequer sugerir o quer que seja que possa perturbar a vida interna do clube, ou a paz e serenidade dos seus adeptos”, escreveu em comunicado, enviado às redações por António Oliveira.

“Venho a público desmentir categoricamente a inexistência de qualquer propósito meu. O que mais desejo ao FC Porto é um ano cheio de sucessos e de troféus. Torço por isso, e nunca seria capaz de perturbar a serenidade e a uma paz de uma época futebolística que todos desejamos memorável”, acrescenta a nota.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.