A assembleia-geral de sexta-feira do clube aveirense será acesa e decisiva, na qual a Direcção de Mário Costa admite demitir-se devido às sucessivas penhoras de receitas, entretanto accionados por Artur Filipe e José Cachide, no total de dois milhões de euros.

Neste momento, José Cachide, actual vice-presidente para o futebol profissional,  avançou com uma nova penhora, que asfixiará os cofres do Beira-Mar até ao jogo com o FC Porto, relativo à 17.ª jornada, agendado para dia 23 de Janeiro de 2011.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.