Após uma primeira metade sem golos, a equipa do Restelo entrou mais determinada da etapa complementar e, aos 60 minutos, o camaronês Jean Yontcha inaugurou o marcador com um espectacular golo de peito, enquanto o brasileiro Ivan Santos, já no segundo minuto de descontos, fechou a contagem.

A equipa do Restelo entrou em campo com o mesmo “onze” que havia empatado (0-0) frente ao Leixões, enquanto na Naval, o técnico Ulisses Morais fez apenas uma alteração na equipa que defrontou a Olhanense (empate também 0-0), ao trocar Bolívia por Nkake.

A primeira parte foi muito fraca, lenta, com vários passes falhados de parte a parte e com ambas as formações a estudarem-se, tendo o primeiro remate à baliza aparecido apenas aos 25 minutos, por intermédio do belenense Mano.

Até final do primeiro tempo, o único registo a merecer destaque vai para um remate do conjunto do Restelo, aos 30 minutos, por intermédio do avançado Fredy, que se isolou, mas rematou fraco para defesa fácil de Peiser.

Logo no início da segunda parte, o Belenenses beneficiou de uma boa ocasião para inaugurar o marcador, através de Rodrigo Arroz, mas foi o avançado Yontcha a fazer o primeiro golo da partida, aos 60 minutos, ao corresponder com o peito a um cruzamento de Fredy.

Apesar do golo, que poderia animar o encontro, a partida continuou a desenrolar-se em ritmo baixo, com as duas defesas a superiorizarem-se aos ataques, num jogo muito disputado a meio-campo.

Em vantagem, a equipa de Belém procurou controlar o jogo, com destaque para o médio brasileiro Fellipe Bastos, que havia entrado na partida, enquanto a Naval pouco ameaçou, com excepção para um livre directo de Diego, que passou perto da barra da baliza à guarda de Nélson.

O Belenenses dilatou o marcador já em tempo de compensação, por intermédio do brasileiro Ivan, após passe de Yontcha, num lance similar ao que deu origem ao primeiro tento da partida.

Após o empate na ronda inaugural, os “azuis” conquistaram, assim, a primeira vitória na edição 2009/10 da Liga principal de futebol, enquanto a Naval continua sem somar qualquer triunfo, disputadas que estão duas jornadas da competição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.