O Benfica anunciou, através de uma nota no site oficial, que irá apresentar uma providência cautelar junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) em resposta à nova interdição do estádio da Luz conhecida esta terça-feira na sequência de um processo disciplinar que corria desde 2017/18.

Na nota, os 'encarnados' consideram "inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas" e informam este recurso tem "com efeitos suspensivos imediatos".

Leia o comunicado na íntegra:

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa que irá apresentar uma providência cautelar junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) com efeitos suspensivos imediatos da decisão proferida pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol que decreta a interdição do Estádio da Luz por 1 jogo.

Consideramos totalmente inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas para tal decisão e estamos convictos de que conseguiremos fazer valer as nossas razões no decurso deste processo."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.