Benfica conservou o primeiro lugar do campeonato português ao vencer, este sábado, o Vitória de Guimarães por 1-0, em jogo da 15.ª jornada, disputado no Estádio D. Afonso Henriques. Franco Cervi marcou aos 23 minutos o único golo da partida. Com este resultado, os campeões nacionais somam agora 42 pontos, mais sete do que o FC Porto e menos 16 do que o Sporting, que se defrontam, este domingo, no clássico em Alvalade.

O treinador Bruno Lage mudou, face ao jogo anterior, com o Vitória de Setúbal para a Taça da Liga, praticamente a equipa inicial do Benfica. Apenas Tomás Tavares mantém-se no onze. André Almeida foi convocado para esta partida no Minho, mas ainda não faz parte do onze titular para o encontro da 15. ª jornada da I Liga, que vai ser disputado no Estádio D. Afonso Henriques.

Foi uma entrada intensa por parte das duas equipas, que se mostraram com muita vontade de começar 2020 com uma vitória, mas foi o Benfica que conseguiu adiantar-se no marcador, por intermédio de Cervi aos 23 minutos. Num passe de Chiquinho para Pizzi, este atrasou a bola para a entrada de Cervi que, na área, atirou rasteiro para o fundo das redes de Douglas.

Após o tento encarnados, instalou-se a confusão nas bancadas do Estádio D. Afonso Henriques, com o árbitro Nuno Almeida a ter de interromper a partida por quatro minutos.

Os ânimos nas bancadas voltaram a descontrolar-se quando, na segunda parte, os adeptos do Benfica atiraram tochas para o relvado, voltando o árbitro a interromper o jogo, agora por três minutos.

Aos 68 minutos, o Vitória de Guimarães esteve muito perto de empatar. Num cruzamento para a área, Odysseas não segurou a bola, sobrando esta para o remate de Lucas Evangelista, mas desta vez o guarda-redes encarnado não vacilou e fez uma grande defesa.

A equipa do Benfica, à exceção de Carlos Vinícius, defendia atrás da linha da bola quando a equipa minhota atacava, fazendo pressão alta, colocando o Benfica em muitas dificuldades.

Poucos minutos antes do apito final, Rochinha recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, por falta sobre Gabriel.

Num jogo com quase 28 mil espetadores, o Vitória de Guimarães terminou a partida com mais remates (11-4) e posse de bola (55%-45%), mas, nos remates certeiros à baliza, o Benfica foi mais eficaz.

O Vitória de Guimarães, que interrompeu uma série de três jogos sem perder, segue provisoriamente no quinto lugar, com 21 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.