Bruno de Carvalho revelou esta segunda-feira um e-mail na sua página no facebook onde denuncia o que considera jogadas de bastidores do Benfica. O presidente dos ´leões` divulgou um e-mail trocado entre João Paiva dos Santos e Pedro Guerra sobre a auditoria do Sporting.

O líder leonino escreveu ainda que está na hora de "provar como no Benfica tudo se faz e tudo serve para jogos de bastidores". Bruno de Carvalho avança que vai "pedir ao Conselho Fiscal e Disciplinar do Clube a abertura de um processo com vista à expulsão de sócio" de João Paiva dos Santos, assim como "reforçar o mesmo pedido sobre o seu assessor, Paulo Pereira Cristóvão".

Eis o post de Bruno de Carvalho

"Durante 4 anos eu falo da intromissão do benfica na vida interna do Sporting. Eles tentam tudo, eles fazem tudo, até Rui Gomes da Silva disse um dia "farei tudo o que puder para desestabilizar o Sporting".

É o tal convite para entrarem em minha casa sem que nunca tenham sido convidados por mim, mas eles teimam em tentar entrar sob a batuta escondida do seu presidente.


Durante as eleições eu disse que o benfica estava a movimentar-se para manipular a opinião pública e, desse modo, tentar que eu não fosse reeleito.

Está na altura de começar a denunciar, com documentos, para provar como no benfica tudo se faz e tudo serve para jogos de bastidores, e como (eu já tinha alertado) existem sportinguistas que devem ser expurgados.

No documento em anexo podemos ver um dito sportinguista, João Paiva dos Santos, a coordenar-se com Pedro Guerra sobre o tal pedido de auditoria que apenas serviu para me atacar e ao Sporting CP, e que foi sempre uma manobra da mais pura e desavergonhada desonestidade intelectual.

Pessoalmente irei pedir ao Conselho Fiscal e Disciplinar do Clube a abertura de um processo com vista à expulsão de sócio, assim como reforçar o mesmo pedido sobre o seu assessor, Paulo Pereira Cristóvão.

Não podemos admitir mais este tipo de sportinguistas que são capazes de vender a alma ao diabo para ver satisfeitos os seus interesses com total prejuízo do Sporting Clube de Portugal."