Bruno de Carvalho vai ser suspenso durante um ano como sócio do Sporting após a decisão da Comissão de Fiscalização do Sporting decorrente do processo disciplinar em curso desde 13 de junho.

Além de Bruno de Carvalho, os restantes membros do anterior Conselho Diretivo que não se demitiram - Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Luís Roque, Luís Gestas e Alexandre Godinho - foram igualmente suspensos.

Bruno de Carvalho e Carlos Vieira (suspenso por 10 meses) estão, assim, impedidos de apresentar as respetivas candidaturas à presidência do Sporting.

A Comissão de Fiscalização promoverá um esclarecimento sobre a decisão.

Apenas Luís Roque escapa com a medida de admoestação. Este foi o resultado ao primeiro processo disciplinar de que foram alvo Bruno de Carvalho e restante administração.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.