O defesa central português João Afonso, de 32 anos, rescindiu contrato com o Santa Clara, emblema que representava desde da época 2019/20, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol.

“A Santa Clara Açores – Futebol, SAD vem por este meio comunicar a cessação do contrato de trabalho com o atleta João Afonso”, avança a equipa açoriana numa publicação na rede social Facebook.

“Mais do que os 92 jogos e cinco golos ficam para a história as qualidades humanas e profissionalismo de um atleta que nasceu para liderar, tendo envergado com o maior brio, não raras vezes, a braçadeira de capitão do Santa Clara”, enaltece a formação insular.

Para esta época, o Santa Clara oficializou a contratação de Tomás Domingos (ex-Mafra), Martim Maia (ex-Amora), Ricardo Silva (ex-FC Porto B), Xavi Quintillà (ex-Villareal), Rodrigo Valente (ex-Estoril Praia), Andrezinho (do FC DAC 1904), de Bicalho e Gabriel Silva (ambos por empréstimo do Palmeiras), Bobsin (ex-Grêmio), Adriano e Paulo Eduardo (ex-Cruzeiro), Rildo (ex-Grêmio), de Bruno Almeida (emprestado pelo Trofense) e de João Lima (ex-Al-Wahda), de Calila (ex-BSAD), de Babi (ex-Athletico Paranaense), de Bruno Jordão (ex-Wolverhampton), de MT (empréstimo do Vasco da Gama) e de Gabriel Batista (ex-Flamengo).

Em sentido inverso, abandonaram os Açores os jogadores Nené, Lincoln, Cryzan, Mikel Villanueva, Bouldini, Hidemasa Morita, Júlio Romão, Pipe Gomez e João Afonso.

Com quatro jogos disputados, o Santa Clara, que recebe o Marítimo no próximo domingo, encontra-se em 16º. Lugar do campeonato, com um ponto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.