O director-geral da União de Leiria, Jorge Alexandre, garantiu hoje que todos os vínculos entre a SAD e os jogadores do plantel foram feitos «de forma legal», inclusive os contratos paralelos que dizem respeito a direitos de imagem.

«A União de Leiria nada tem a temer em relação a isso: esses contratos não foram feitos em ‘off-shores’, como foi dito pelo sr. presidente do Sindicato dos Jogadores. Segundo a informação que tenho, a União de Leiria fez esses contratos de forma legal», referiu o responsável.

A União de Leiria promete para hoje, ao fim da tarde, uma resposta do departamento jurídico da SAD à notícia divulgada quinta-feira pela SIC, que avançou que alguns jogadores da equipa leiriense podem estar a receber o salário através de dois contratos fraccionados.

Segundo o director-geral, os contratos em causa «são feitos por toda a Europa, de forma legal».

«Fizemos um grande esforço para inscrever a equipa e tentámos pagar ao máximo a todos os jogadores, o que não é não é fácil. É fácil defender os jogadores, mas também temos de defender os clubes. A União de Leiria, nos últimos anos, com mais ou menos dificuldade, tem cumprido os seus contratos», afirmou Jorge Alexandre.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.