O Clássico entre o FC Porto e o Benfica, da passada sexta-feira, ainda mexe. Esta terça-feira, antes da antevisão do jogo com o Mónaco, Sérgio Conceição aproveitou para explicas as suas palavras na zona de entrevistas rápidas onde criticou a atuação do árbitro Jorge Sousa.

"Na antevisão do último jogo disse que gostaria de falar de futebol e não do futebol. No final desse jogo, falei de futebol, ou seja, das três equipas que estiveram em campo: as que entraram e a de arbitragem. Se falasse do futebol, se calhar, teria dito que o árbitro falhou de forma premeditada e não foi isso que disse. A minha análise ao jogo foi de uma prestação menos boa dos árbitros. Se os jogadores ou os treinadores são criticados, acho que os árbitros também o podem ser de forma positiva e educada", disse o técnico, que aproveitou para pedir desculpas ao jornalista Ivo Costa, da Sport TV.

"Aproveito também para dizer que na flash não me dirigi ao jornalista da Sport TV da forma mais correta e apropriada. Aproveito para lhe pedir desculpas já que estava apenas a fazer o seu trabalho, e bem feito", atirou. Um pedido aceite de pronto pelo próprio Ivo Costa, presente também na sala de imprensa do Estádio do Dragão.

O FC Porto-Benfica, da 13.ª jornada da I Liga, terminou empatado 0-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.