Com a baliza fechada a sete chaves, Samuel Portugal (Portimonense) é o guarda-redes eleito pelos especialistas da Liga Portugal para assumir a posição entre os postes, depois de uma exibição para mais tarde recordar no Estádio da Luz.

À sua frente, no setor defensivo, destaque para os laterais João Mário e Wendell (FC Porto), responsáveis pela forte produção pelos flancos, por parte dos dragões. Já na zona central da defesa, a dupla de centrais é formada por Possignolo (Portimonense) e Marco Baixinho (Paços de Ferreira), dois esteios responsáveis pelas excelentes réplicas deixadas pelas suas equipas nos jogos desta jornada.

No meio-campo mantém-se a tendência algarvia, com a presença de Pedro Sá e Lucas Fernandes (Portimonense). Estes dois jogadores desempenharam um papel fundamental no triunfo histórico alcançado pela formação de Portimão, dando força e critério à sua equipa na zona mais disputada no terreno de jogo.

Por falar em critério, este é um adjetivo que assenta que nem uma luva a Daniel Bragança (Sporting), o elemento que completa este tridente do meio-campo, depois de ter oferecido bastante qualidade ao setor intermédio dos leões.

Por fim, destaque para um trio ofensivo com “faro” para o golo. Samuel Lino (Gil Vicente) e Luis Díaz (FC Porto) marcaram e desbloquearam a contagem para as suas equipas, enquanto Murillo (Tondela) foi absolutamente decisivo na manobra dos auriverdes, com um golo e uma assistência somados na deslocação a Leiria.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.