O médico do Famalicão confirmou esta terça-feira que o guarda-redes Rafael Defendi falhou o jogo com o Gil Vicente por ter testado positivo para a COVID-19.

"O Rafael Defendi tem antecedentes de infeção para a COVID-19 desde março. Cumpriu com todas as recomendações da DGS e esteve em isolamento. Teve critérios de cura e teve alta ainda durante a suspensão da Liga. Posteriormente voltou a ter resultado positivo, voltou a cumprir o isolamento e todos os critérios da DGS e tem trabalhado com a equipa", explicou Diogo Gomes.

"Tem vários testes negativos até ao dia de ontem [segunda-feira], quando recebeu um resultado inconclusivo. Hoje [terça-feira] testou positivo o que o deixou fora deste jogo. Durante a tarde fomos informados pela Liga que ele poderia jogar, tendo em conta os antecedentes dele, mas momentos antes da partida fomos informados de que ele não poderia estar presente", esclareceu o médico.

Recorde-se que o Famalicão venceu o Gil Vicente por 3-1, em Barcelos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.