Os acontecimentos da última jornada na receção do FC Porto ao Casa Pia ainda dão que falar e a confusão entre os bancos de FC Porto e Casa Pia valem agora um processo disciplinar do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

Sérgio Conceição e o treinador adjunto do Casa Pia, Vasco Matos, aparecem entre os visados, num processo que também envolve a equipa de arbitragem liderada por Manuel Mota. Para além do juiz da AF de Braga, também aparecem na lista Carlos Campos, Fábio Silva e Hélder Carvalho, ao qual se junta ainda os nomes dos delegados da Liga Alexandre Bento e Faustino Santos.

Luís Gonçalves, administrador da SAD do FC Porto, viu também lhe ser instaurado um processo disciplinar e vai ter de pagar uma multa no valor de 1530 euros.

"Após o final do jogo, dentro do terreno de jogo, perto da área técnica da equipa adversária respondeu a uma provocação de um elemento da equipa técnica adversária, gritando "Vai para o c******! Não mandas aqui!", pode ler-se no relatório.

O mesmo mapa de castigos confirma o castigo de um jogo ao guarda-redes Antonio Adán, que assim falha o encontro do Sporting com o Benfica, da 33.ª jornada.

O treinador do Boavista, Petit, foi suspenso por um jogo, depois de ter sido expulso na derrota frente ao Gil Vicente (3-1), na ronda anterior.

Dentro das quatro linhas, FC Porto venceu o Casa Pia por 2-1, impedindo assim a festa antecipada do Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.