O Beira-Mar apresentou um orçamento de 1 milhão e 800 mil euros para as despesas com o plantel e equipa técnica de futebol para a temporada 2010/11, numa exposição aos sócios realizada na sexta-feira em Assembleia Geral.

Nos lucros, cerca de 50 por cento prendem-se com receitas televisivas (1 milhão e 800 mil euros) e 25 por cento com receita de bilheteira e camarotes (927 mil euros).

Em termos de custos, a formação aveirense prevê gastar 61,5 por cento com as despesas de pessoal, sendo a grande maioria para plantel e equipa técnica, e ainda 27,5 por cento com fornecimentos e serviços.

No final, o presidente da Assembleia Geral, Artur Moreira, sublinhou a importância da “vontade de transparência realizada pela direcção, que serve de motivação para os sócios”.

Já Mário Costa, presidente da direcção, preferiu destacar as iniciativas relacionadas com as condições de acesso aos jogos por parte dos sócios, “um dos principais motores para a sobrevivência do clube”, que esta temporada disputa a Liga de futebol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.