Nuno Espírito Santo foi questionado sobre a revolta que existe entre os adeptos do FC Porto em relação às mais recentes arbitragens.

“Quando alguém se sente injustiçado, não se deve calar, deve manifestar a sua revolta. Assim os fazemos. Mas somos conscientes da situação. Para que tudo volto à normalidade, os árbitros têm que assumir os seus erros, como nós o fazemos. Quando há um erro, trabalhamos profundamente sobre ele para o corrigir e é isso que queremos”, disse o treinador portista, à margem da conferência de antevisão do jogo com o Paços de Ferreira.

O encontro entre Paços de Ferreira e FC Porto, na Mata Real, está agendado para as 20h30, referente à 16.ª jornada da I Liga.

"Em relação ao jogo, é uma equipa que apenas perdeu uma vez em casa, é uma boa equipa e temos que ser sólidos e competitivos, para produzir mais ofensivamente para que consigamos a vitória", disse Espírito Santo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.