Ivo Vieira não se coibiu de afimar que «esteve tudo mal» no encontro com o FC Porto, em que o Nacional foi goleado por 5-0.

«Esteve tudo mal. Na primeira parte tivemos duas ou três situações de golo, que não conseguimos concretizar. Estamos numa fase em que cada vez que o adversário chega à nossa área faz golo. O FC Porto esteve mais forte. Na segunda parte, entrámos bem, mas depois na procura do golo, acabámos por desproteger a nossa a nossa área defensiva. Foi uma derrota pesada», assumiu o técnico dos insulares na flash interview da TVI.

«Nós, os treinadores, procurámos os melhores esquemas. Foi um resultado pesadíssimo e ninguém está satisfeito. A verdade é que o Nacional teve bons momentos de jogo, mas algum receio de ter posse de bola, algo que promovo. Estamos numa fase em que toda a bola que ronda a nossa baliza acaba em golo», disse o treinador da equipa insular já em conferência de imprensa no auditório do Estádio do Dragão.

Ivo Vieira sabe que é um resultado pesado mas fala de «proteção e confiança» por parte da direção do Nacional.

«Julgo que acima de tudo tenho consciência daquilo que acontece. Obviamente sinto proteção e confiança porque conhecem a minha forma de estar e de trabalhar. Se há algum incómodo sou eu que o sinto, porque este resultado foi muito pesado», explicou.

O Nacional é 14º na Liga portuguesa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.