O Boavista é a equipa que mais minutos dá aos jogadores estrangeiros na Primeira Liga, de acordo com um estudo do CIES - Observatório do futebol. Os estrangeiros jogaram 86,7% dos minutos do Boavista nas sete primeiras rondas da prova, distantes do Portimonense (78,4%).

Clubes da Primeira Liga que mais minutos dão a atletas estrangeiros

Entre os 'três grandes', o Benfica é quem dá mais minutos de jogo a atletas estrangeiros. O emblema Encarnado ocupa o terceiro lugar da geral, atrás de algarvios e axadrezados. O FC Porto é o segundo no ranking dos 'três grandes', com 68,1% dos minutos jogados na I Liga a serem disputados por atletas estrangeiros. O Sporting está no sentido oposto e é o clube que mais minutos dá a jogadores formados em Portugal. Nos campeões nacionais, apenas 38,4% dos 630 minutos jogados na I Liga foram disputados por estrangeiros. Seguem-se Estoril (40,5%) e Paços de Ferreira (48,8%), os únicos onde menos de 50 por cento dos minutos dos jogos são disputados por estrangeiros.

O CIES considera como atleta estrangeiro para efeito deste estudo, jogadores formados fora do país do clube.

Dos 474 clubes analizados, o Aris Salónica da Grécia é quem está no topo. 98,4% dos minutos jogados foram com futebolistas estrangeiros em campo. A Udinese destaca-se entre os clubes dos 'big 5' como aquele que mais minutos de jogo deu aos jogadores formados fora do país de origem dos clubes (88 por cento), seguido do Chelsea (86,8 por cento)

Neste estudo do CIES - Observatório do futebol -, só dois dos 474 clubes analizados não tinha dado minutos a qualquer estrangeiro nas suas fileiras: os ucranianos do FK Desna e os espanhóis do Athletic Bilbao, da La Liga, um clube que aposta 100 por cento em jogadores bascos.

Clubes da Primeira Liga que mais minutos dão a atletas estrangeiros

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.