O jogador do Marítimo Fábio China disse hoje acreditar na vitória da equipa madeirense no jogo de quinta-feira com o FC Porto, em partida antecipada da 15.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

"Vamos encarar este jogo como mais um desafio e vamos lá para concretizar os três pontos. Acredito que se jogarmos em equipa e estivermos unidos do início ao fim, nós conseguimos de certeza os três pontos", afirmou à margem da visita à sua antiga escola no Estreito da Calheta, juntamente com o treinador Daniel Ramos e os colegas de equipa Alex Soares e Wellington.

O Marítimo vem de uma derrota no terreno do Belenenses, por 1-0, mas Fábio China não está preocupado com o 'timing' da visita dos 'verde rubros' ao Estádio do Dragão e lembrou um resultado recente.

"Não é a pior altura (para defrontar o FC Porto), porque os jogos não são todos iguais. Eles jogam em casa, mas nós vamos tentar fazer-lhes a vida difícil. O Benfica também é um dos grandes e nós conseguimos derrotá-lo [vitória por 2-1 há duas jornadas]", respondeu, acrescentando que os clubes 'grandes' dão "sempre motivação".

Sobre o desaire no Restelo, o lateral-esquerdo admitiu que foi uma exibição menos conseguida, em que o grupo não demonstrou o seu valor e prometeu trabalho para somar melhores resultados.

Fábio China foi promovido esta época ao plantel principal do Marítimo e tem sido a revelação da equipa, ao ser peça habitual no 'onze' insular.

"Não estava à espera de chegar à equipa principal e ser logo titular", comentou e destacou o ritmo como a maior diferença sentida entre esta temporada e a anterior.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.