De acordo com o jornal A Bola desta quarta-feira, Fábio Silva, atual jogador do Wolverhampton, colocou uma ação no Tribunal do Trabalho do Porto contra o FC Porto alegando um pagamento em falta no valor de 253.342,47 euros.

Segundo a notícia, o valor diz respeito ao pagamento por liquidar do montante referente ao reforço da cláusula de rescisão do avançado português, acordada quando este tinha ainda 17 anos.

Na altura, Fábio Silva tinha uma cláusula de 125 milhões de euros e como ainda era menor de idade, o ponta de lança manteve o vínculo válido até 2022, mas com o compromisso de o renovar por mais cinco épocas se ficasse no Dragão. Esta decisão, em novembro de 2019, pressupunha o pagamento dos mais de 253 mil euros, valor agora reclamado pelo avançado.

Fábio Silva acabou por ser mudar em 2020, por 40 milhões de euros, para o Wolverhampton, gerando um lucro de 25 milhões para os cofres do FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.