O treinador do Boavista, Miguel Leal, disse que só soube da notícia, publicada esta quarta-feira, da possível falência da SAD quando chegou ao balneário e não detetou, no plantel, "nenhuma preocupação nesse sentido".

"Como já disse, o gato tem sete vidas, mas a pantera tem 14. Este clube é grande, a administração terá sempre soluções e vai sempre resolver os seus problemas. No plantel, não vejo nenhuma preocupação nesse sentido", resumiu o técnico.

Miguel Leal falava na conferência imprensa de antevisão do jogo fora com o Moreirense, na sexta-feira (20:30), para a 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

A notícia referida, do JN, dava conta de a SAD ‘axadrezada’ estar perto da falência devido a uma decisão do Tribunal da Relação do Porto favorável aos seus credores minoritários.

O Boavista considerou a notícia "sensacionalista", lembrou que tal acórdão da Relação "contrariou uma primeira sentença da 1ª Instância" que lhe foi favorável e anunciou que recorreu dele para o Supremo Tribunal, mostrando-se convicto de que este decidirá a seu favor e da maioria dos outros credores.

O contencioso opõe a SAD boavisteira aos credores minoritários que ficaram fora do Plano SIREVE (Sistema de Recuperação de Empresas por Via Extrajudicial) aprovado em janeiro de 2014 por 82,3% do valor dos créditos, contando-se entre estes os do Fisco e os da Segurança Social.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.