O jornal Correio da Manhã revela esta terça-feira que a claque do FC Porto 'Super Dragões' protegeu a família do 'hacker' Rui Pinto ao conhecer-se a identidade do suspeito de roubar a correspondência privada da SAD do Benfica.

Segundo o mesmo jornal, que cita fontes próximas da família do suspeito de roubar os e-mails do Benfica, vários familiares do 'hacker' português temeram pela sua segurança na sequência da divulgação da identidade de Rui Pinto em 2018, o que terá levado à proteção dos 'Super Dragões'.

De acordo com o Correio da Manhã, o pai de Rui Pinto foi ameaçado nas redes sociais e a sua conta de email copiada. Os familiares de Rui Pinto não estão neste momento em território nacional, mas quando regressarem a Portugal vão continuar a contar com a proteção da claque do FC Porto, escreve o mesmo jornal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.